Homens deixaram 20 bilhões no setor beleza em 2017

Homens deixaram 20 bilhões no setor beleza em 2017

Pesquisas mostram um crescimento no consumo liderado por homens

homens gastam em média 20 milhões por ano apenas com produtos de beleza e bem-estar
O Brasil é o terceiro consumidor de produtos de beleza no mundo e uma parte crescente desse público são os homens, que deixaram a timidez de lado e passaram a investir no bem-estar. Em 2017 os homens deixaram mais de 20 bilhões no setor, causando um reposicionamento nas empresas de beleza no ranking de crescimento no Brasil.
Apesar do avanço, pesquisas mostram que a relação do homem com a compra é diferente. 44% dos entrevistados afirmam preferir comprar em loja física, mostrando uma relação diferente e mais próxima ao produto comparado com as mulheres, podendo assim tirar suas dúvidas com vendedor e entender melhor no que está investindo. Tal comportamento mostra a necessidade de se investir no ponto de venda, trazendo com isso promoções de impacto para o público. Produtos exclusivos, exposição corretas e ambietação que conversem com esse novo público é a chave para o sucesso.
Produtos de beleza para homens ganham espaço nas empresas gigantes da industria
Produtos de cuidados pessoais e de beleza, lideram o interesse. Marcas de renome internacional começam a buscar esse novo público, é o caso da Chanel que em 2019 irá disponibilizar sua linha de maquiagem para homens, intitulada Boy de Chanel. As gigantes Boticário, Clinique e Mary Kay também estão de olho nesse consumidor, com linhas de produtos idealizadas para o perfil masculino, que antes era sustentado por mulheres que buscavam cuidados para seus esposos.
Outro dado interessante demonstra que o homem também é mais resistente no pedido de desconto, estando mais propenso a pagar pelo valor total do produto. Enquanto as mulheres fazem pesquisas comparativas entre valores ofertados pela internet e na loja física, os homens não tem esse costume.
Nas academias, os dados também são interessantes, os homens estão consumindo mais do mercado fitness. A procura pela melhora na aparência física, no bem-estar, deixou de ser uma exclusividade feminina, os homens estão buscando cada vez mais o padrão de corpo idealizado como o “perfeito”. Outra questão levantada para o aumento de homens em atividades físicas está ligada à saúde mental, o combate ao estresse e a busca por um equilibrio entre a tensão do trabalho e uma rotina mais saudável.

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.