Como você lida com seu ego?

Como você lida com seu ego?
O EGO nos leva a decisões que podem gerar frustração, angústia e culpa

Como lidar com ego? O ego está o subconciente e permeia nossas decisões e escolhas

2019 chegou e o ano começa também com a possibilidade reavaliarmos nosso comportamento. Final de 2018, tive a oportunidade através de uma boa terapia, de entender as armadilhas do meu EGO, mas eu não falo desse ego que é exposto como egocentrismo, autoritarismo e de forma muito acentuada e perceptiva a todos, falo de uma camada mais profunda, de um EGO que define seu comportamento, escolhas, sofrimento e liberdade.

Quando estamos em um relacionamento, seja ele profissional, entre amigos ou sentimental, criamos um comportamento de projetar no outros as buscas que alimentem esse nosso ego. De forma imperceptível, fazemos cobranças, escolhas e agimos por um sentimento que de longe é o mais prejudicial. Resumindo, quando você ama verdadeiramente alguém, o fim não pode representar um desejo de vingança. Se você ama, você quer que aquela pessoa seja feliz, independente de estar ou não ao seu lado. Sabe aquele amigo que vai mudar de país e mesmo triste você deseja o melhor e fica feliz pelas suas conquistas! Então…

Temos por instinto a mania de não querer ver o outro melhor que a gente, seja no trabalho ou campo amoroso. Falando de relacionamento: mais elx já está namorando? Elx não está sofrendo? Já está nas baladas curtindo? E as respostas para esses conflitos gerados pelo ego é agir da mesma forma, como a vender uma imagem de superação para satisfazer exclusivamente ele, seu EGO. O problema está na frustração, no quão no fundo do poço você pode chegar quando realmente não superou. Se não está pronto para conhecer alguém e precisa de mais um tempo para voltar a socializar em festas, esse comportamento será absurdamente cruel com você mesmo e pode trazer resultados assustadores. A frustração no dia seguinte e o sentimento de culpa, serão os protagonistas, que irão gerar mais ansiedade e sofrimento.

Enquanto conseguimos lidar com essas frustrações e não envolvemos outras pessoas, ok, afinal cada um carrega o aguenta. O problema está quando através do ego envolvemos pessoas incríveis na nossa problematização, quando na busca por saciarmos nosso ego, iludimos, damos esperança e machucamos pessoas que não merecem, pois estavam ali apenas prontas para nos dar o melhor delas.

O que desejo para 2019 a cada um é que tenhamos uma conciencia maior sobre nosso comportamento e nosso ego, que o inconsciente seja percebido e que a culpa se torne menor. Isso resultará em uma vida mais leve, feliz, livre… Que nosso ego deixe de permear nossas escolhas e que com isso possamos ser simplesmente nós mesmos.

Vídeo que gravei pro IGTV do Homens de 30:

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.