Leg Day: O dia mais odiado pelos homens na hora do treino

Leg Day: O dia mais odiado pelos homens na hora do treino

Malhar pernas requer esforço, paciência e muita insistência para os resultados

Durante a rotina de exercícios o “leg day” (dia de pernas) é o preferido entre mulheres e odiado por muitos homens, no entanto o trabalho muscular de membros inferiores tem uma importância que vai além de motivos estéticos.

As pernas contém grandes grupos musculares que por sua extensão oferecem uma grande vantagem metabólica quando trabalhados estimulando a liberação de hormônios do crescimento, o que otimiza o ganho de massa muscular, essa vantagem metabólica ainda ajuda na perda de peso pois esses grandes músculos consomem muita energia durante os treinos favorecendo a perda de gordura.

Ainda podemos citar como vantagem para o treino de pernas os ganhos posturais, a musculatura de glúteos tem uma grande influência na estabilidade do quadril e da coluna lombar. Glúteos fortes diminuem a sobrecarga sobre a coluna e também sobre os joelhos pois a estabilidade dos mesmos favorece a distribuição do peso corporal sobre as pernas de forma mais uniforme.

Uma outra vantagem é a atuação da musculatura de panturrilha (tríceps sural) sobre nosso sistema circulatório, essa região é considerada nosso segundo coração por sua influência no retorno venoso, uma vez que o sangue circula para pernas ele precisa voltar ao coração enfrentando a força da gravidade, panturrilhas fortes, com uma contração muscular efetiva ajudam a bombear o sangue de volta ao coração.

Portanto o “leg day” merece tanta atenção quanto a parte superior do corpo, o fortalecimento desses músculos além contribuir para a estética corporal, ainda previne lesões, ajuda na perda de peso e melhora o desempenho cardiovascular.

Por Augustus Moraes

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.