Frequentar salão não torna ninguém menos homem

Frequentar salão não torna ninguém menos homem

Homens relatam o preconceito em cidades no interior

Frequentar salão é coisa de homem sim. Cada vez mais homens buscam tratamentos em salões de beleza

Nestes dias fui surpreendido por uma mensagem em resposta a um post que falava sobre cuidados, onde alguém me relatava sobre a dificuldade de um homem se cuidar em cidades do interior, principalmente quando falamos de estados no norte e nordeste: o preconceito que existe contra homens que frequentam salões e se submetem a procedimentos estéticos, que chega ao ponto de agressões e humilhações públicas. 

Em cidades como São Paulo e Rio Janeiro vive-se em uma bolha, apesar do preconceito existente, e cada vez é mais comum que o homem assuma sua vaidade e se proponha a buscar um cuidado, seja ele através do físico ou do psicológico (terapias e cursos de autoconhecimento). Pensar que um homem, já na fase dos 30 anos, precisa se esconder ao buscar cuidados que representam uma melhoria na sua autoestima é algo que não consigo compreender.

Embarcar em uma rotina de cuidados, estar em dia com dentista, com cabelereiro, treinos e com procedimentos que te ajudam no processo de melhorar sua imagem é uma questão de investimento na autoestima. Ter que se privar da possibilidade de se colocar como prioridade e se cuidar, se olhar e de dedicar um tempo a si mesmo, não aceitável, mas entendo que o preconceito existe e precisamos ficar atentos à violência gratuita em uma sociedade doente.

O que fazer? Não desistir. Invista nos cuidados diários: sabonete, creme facial, creme para a área dos olhos, também no corte de cabelo, mantendo-o em dia. Aproveite para hidratar os fios e também garantir uma barba bem feita. Em casa, aposte ainda em máscara facial, em esfoliação da pele, em tônico, adstringente e tantas outras opções que vivo trazendo como dica.

Eu enfrento qualquer tipo de preconceito vivendo a minha vida, me preocupando apenas com o que é de fato importante: a minha vontade e o que me faz feliz. Dedicar um tempo a mim preenche toda e qualquer expectativa externa, afinal, todo investimento feito em mim, retorna para mim. Frequentar salão é coisa de homem SIM!

Deixe um Comentário

Your email address will not be published.